16210-nqj8yo

PRODUÇÃO DE CACAU PELO MUNDO

16210-nqj8yo

África é atualmente o maior produtor Mundial de cacau, sendo a Costa do Marfim o país que mais cacau exporta, seguido do Gana, Nigeria, Camarões e Togo.

Depois da África, os maiores produtores estão na América Latina, nomeadamente, Brasil e no Equador. Na Ásia e Oceânia, a Indonésia e Papua Nova Guiné são dos maiores produtores.

Apesar destes produtos de cacau em grande escala,  existem dezenas de outras origens de cacau por todo o Mundo, onde as plantações são mais pequenas e algumas familiares, e que fornecem normalmente pequenas quantidades de cacau para os Chocolate Makers que produzem chocolate Bean-to-Bar, a partir do grão. Por serem plantações mais pequenas, são também mais naturais, tendo o cacau uma qualidade muito superior comparado ao que é produzido em grande escala em plantações de maiores dimensões.

O cacau, tal como o vinho, tem paladares diferentes dependendo do local onde é plantado. Algumas das mais conceituadas origens de cacau são a Venezuela e São Tomé e Princípe, conhecidas com duas das melhores origens de cacau atuais, particularmente pelo seu baixo teor de amargura e sabores exóticos. Madagáscar, República Dominicana, Vietname, Nicarágua, Indonésia são também origens muito conceituadas pela elevada qualidade do cacau. No entanto, a origem é apenas uma parte do processo, não podendo ser assumida como um indicador definitivo de qualidade. Dependendo da forma como é plantado, e de como é trabalhado pelos Chocolate Makers, o cacau poderá ser transformado num chocolate de qualidade superior ou inferior.

No Mapa pode encontrar as várias origens de cacau por todo o Mundo. O cacau apenas cresce ao longo da linha do Equador, isto porque necessita de um clima muito húmido e temperaturas perto dos 21ºC para poder crescer. O fruto cresce todo o ano, tendo por norma duas colheitas anuais.

VARIEDADES DE CACAU

De uma forma geral, os produtores de cacau distinguem os grãos de cacau em “cacau fino” e cacau “a granel” ou “normal”, fazendo a distinção pela variedade de cacau, sendo assim o Cacau Fino, o Criollo e o Trinitario, e o Normal, o Forastero. No entanto, existem exceções. Um exemplo é o Cacau Nacional no Equador, que é um cacau Forastero, mas com qualidade para produzir Cacau Fino.

O cacau a Granel é o mais usado para a produção industrial de chocolate por ser o mais acessível. Já o cacau Fino , por representar uma pequena parte da produção mundial e por ter um preço superior, é reservado para produções geralmente em pequena escala e que valorizam a origem do cacau, como é o caso do conceito Bean-to-Bar.

O cacau Criollo é a primeira variedade de cacau alguma vez cultivada. Significa que é o cacau nativo. Até metade do séc.XIII, o cacau Criollo dominava a produção de cacau, no entanto, hoje em dia são raras, ou até mesmo inexistentes as árvores de Cacau Criollo. É conhecida como o “Príncipe dos Cacaus” pelas suas características sensorais, com notas levemente ácidas e baixo amargor. É uma das origens mais nobres de cacau, no entanto é muito sensível a doenças, o dificulta a sua plantação, representando menos de 1% da produção mundial de cacau. Acredita-se que já não existem árvores de cacau Criollo 100% puras.

O Forastero tem origem na Amazónia e corresponde a 90% da produção mundial de cacacau, sendo a variedade produzida no Brasil e em África. Por ser muito resistente a doenças, torna-o mais fácil para a sua plantação em larga escala.  Com acidez e amargura médias, o cacau Forastero é conhecido por norma por ter menor qualidade que o Criollo e Trinitario, no entanto, algumas sub-espécies produzem cacau de alta qualidade.

O Trinitario é um cacau Híbrido, que resulta do cruzamento do Criollo e do Forastero e que o torna único por reunir características das duas espécies. Acredita-se que foi criado em Trinidad depois de em 1727 as tempestades e ciclones terem devastado as plantações Criollo. Para replantar o cacau foram trazidos grãos Forastero, cruzando-se assim com as árvores de cacau Criollo remanescentes.

Fonte Imagens: Akesson’s, AMMA, Willie’s Cacao.